Vistos

Passageiros em cruzeiro que visitam portos mexicanos, não precisam de visto para desembarque no país.

O Consulado não tem vinculos com despachantes.

Recomenda - se que os passaportes sejam retirados pessoalmente ou através de um familiar na data de entrega marcada no protocolo.

Os passageiros em trânsito técnico rumo a outro país (sem passar pelo controle de imigração, com vôo em conexão em menos de 24 horas no México) não precisam de visto. Porém, não podem abandonar as salas de espera no aeroporto destinadas aos passageiros em trânsito, localizadas em uma área restrita, até embarcarem no vôo seguinte.

Ressaltamos o fato de que, caso o(s) viajante(s) queira(m) usufruir de um maior conforto em seu tempo de conexão no México, tem duas opções: poderão  tramitar um visto de ”Trânsito” ou até mesmo  requerer um visto de “Turista”, se julgar(em) oportuno). Em ambos os casos, ser-lhes-á permitido  abandonar o aeroporto e voltar para tomar o vôo seguinte - de conexão, evidentemente.

Neste contexto, por gentileza, consulte este  portal, a fim de obter os requisitos para visto de “Trânsito” ou de “Turista”. Igualmente, recomenda-se, também, consultar as regras de atendimento, horários, taxas e o sistema eletrônico de agendamento de entrevistas.

Com a finalidade de oferecer ainda maiores facilidades migratórias para visitar o México, a partir do dia 1º de maio de 2010, todos os estrangeiros nas categorias de turismo, negócios e trânsito, que possuem um visto com validade dos Estados Unidos, poderão ingressar no México com dispensa do visto mexicano, apressentado o visto dos Estados Unidos e passaporte com validade que cubra completamente a viagem. Portanto, não é necessário apresentar-se ao Consulado para requerer eventual autorização "extra". Nas outras categorías migratórias, os cidadãos do Brasil deverão solicitar o visto normalmente através deste site.

Você tem que apresentar toda a documentação na categoria solicitada e indicar, no formulário, se um visto mexicano foi outorgado anteriormente. Favor apresentar xerox do (s) visto (s) mexicanos prévios com o intuito de facilitar o processo. Favor marcar uma entrevista através do sistema de agendamento eletrônico deste site.

De acordo com as facilidades migratórias para visitar o México vigentes a partir do dia 1° de maio de 2010, todos os estrangeiros que possuam um visto dos Estados Unidos válido/vigente poderão ingressar no México com dispensa do visto mexicano, para fazer turismo, negócios, trânsito, atendimento médico, atividades artísticas, culturais, educativas, esportivas, de jornalismo, assistir a conferências, feiras e congressos, treinamentos, visitas técnicas; todas estas atividades sem receber remuneração de empresa estabelecida no México pela participação. O prazo máximo para permanecer será de 180 dias a cada entrada.

Portanto, não é necessário comparecer no Consulado Geral do México para requerer eventual autorização “extra”.

Nesse sentido, não existe restrição sobre o tipo do visto dos EUA, portanto, pode ser utilizado qualquer tipo de visto, portanto, o estrangeiro poderá ingressar no México com o visto válido/vigente dos EUA desde que não expire no mesmo dia que pretende ingressar. Junto com um passaporte com validade mínima que cubra completamente a viagem (p.ex. às vezes, o viajante deverá portar um passaporte novo e o antigo que contem o visto válido).

No desembarque, deverá preencher o Formulário Migratório Múltiplo (FMM), o qual também é entregue durante o vôo, e apresentá-lo ao agente migratório mexicano junto com o passaporte. O formulário deverá ser devolvido no embarque ao sair do país.

Prazo de entrega dos vistos: Os vistos aprovados podem ser retirados no mesmo dia da solicitação em horário vespertino (das 15 às 16 horas). Porém, os prazos dependem de diversos fatores: 

1) Condições técnicas do sistema (internet, etc.) 

2) Necessidade de análise dos documentos apresentados 

3) Nos períodos de dezembro e janeiro o prazo pode variar dependendo do número dos processos (1 dia útil adicional).

 

O Consulado se empenha em oferecer o melhor serviço aos solicitantes. Para manter os términos de entrega em tempo razoável, em benefício dos numerosos usuários, o Consulado Geral solicita a colaboração para que as regras e as datas marcadas sejam respeitadas. Não adiantamos vistos. O Consulado não é responsável por passagens compradas na hora ou vistos negados.

Uma FM3 é uma forma migratória onde se especifica a atividade que o estrangeiro vai realizar no México, assim como o tempo que lhe foi autorizado, assim por exemplo, temos os casos de homens de negócios, estudantes, ministros de cultos (pessoas que realizam atividades religiosas ), modelos profissionais, técnicos, etc.

Algumas dessas atividades podem ser autorizadas por este Consulado Geral, tais como homens de negócios, estudantes e correspondentes jornalísticos, entretanto existem outras atividades que somente podem ser autorizadas pelo Instituto Nacional de Migración (equivalente a Polícia Federal do Brasil), tais como técnicos, religiosos, profissionais, artistas, etc. e cuja tramitação deve realizar-se desde o México através das pessoas físicas ou jurídicas interessadas.

Para o caso do Brasil, existe a possibilidade de que este Consulado Geral possa expedir vistos de negócios de longa duração a altos executivos de empresas, gerentes gerais, presidentes, executivos, administradores únicos, etc., sempre que comprovem tal posição na empresa, assim mesmo, o Consulado decidirá quando autorizará tal visto de longa duração ( cinco anos com múltiplas entradas).

Os preços são o seguinte: Etiqueta do visto ( turismo curta ou longa duração e negócios curta ou longa duração) 36US FM-3 (negócios curta duração, correspondentes, estudantes, etc.,) 98 US Dólares. FM-3 (atividades lucrativas como artistas, modelos e esportistas profissionais, Diretores de empresas ou técnicos especializados que residirão no México, etc) 159 US Dólares. Para o caso de cidadãos brasileiros, a modalidade migratória de técnico deve ser tramitado desde o México pela empresa interessada com o Instituto Nacional de Migración (Tel: 5511- 5387 2400).

Uma vez que Migración autorize a expedição respectiva, este Consulado Geral recebe dita indicação e a documentação é realizada conforme foi autorizada. Os técnicos que são autorizados por uma curta duração pagam pela FM3 98 US Dólares. Os pagamentos da documentação migratória é realizada quando o trâmite tenha sido autorizado pelos funcionários deste Consulado Geral.

Os comprovantes de renda devem ser ao nome de qualquer dos pais ou de ambos, sempre procurando cumprir como os requisitos de solvência econômica que estão marcados.

Conforme as novas disposicões migratórias mexicanas, a validade do visto começa a correr à partir da data da emissão.

O solicitante tem que aguardar 90 dias para encaminhar outro processo.

O Consulado Geral não pode ser responsável por vistos negados o passagems comprados na hora.

Tem que apresentar toda a documentação e indicar, no formulário, se um visto mexicano foi outorgado anteriormente.

É possivel (marcando entrevista). Por conforto, preferencialmente visite o Consulado da circunscrição competente.

A data de lançamento do sistema eletrônico para agendar solicitações de visto foi no dia 16 de junho de 2008. A partir do dia 23 de junho de 2008 o atendimento para vistos é efetuado exclusivamente à solicitantes agendados eletronicamente. Os solicitantes agendados em cada horário são atendidos conforme ordem de cadastro e atendimento preferencial.

Não. Só tem que ser atual, tamanho 3x4 com fundo branco e sem óculos.

O melhor é trazer o extrato bancário que recebe em seu endereço; se não o tiver, então pode solicitar a impressão de seu extrato ao gerente de conta de seu banco e solicitar qu seja carimbado e assinado.

Ocasionalmente, dependendo dos seguintes fatores:

a)  A necessidade de conferir as informações declaradas e a validade dos documentos apresentados. 

b)  Fatores técnicos na impressão dos vistos. 

Nota: A entrevista consular não garante a emissão do visto.

O nome e sobrenome no formulário de solicitação do visto deverá ser preenchido extamente como consta no passaporte.

Menores: para o trâmite do visto mexicano, os menores de dezoito anos de idade devem ser acompanhados por ambos os pais no momento da entrevista e provar a filiação. No caso de que um dos pais ou ambos não possam comparecer para obter o visto, deverão outorgar uma autorização lavrada em cartório (escritura pública de declaração sem valor declarado) na qual constará seu consentimento para que o menor possa ser acompanhado para tramitar o visto mexicano pelo outro pai ou por um terceiro maior de idade.

O pagamento tem que ser feito depois da entrevista através da guia bancária (guia de pagamento) que será fornecida no Consulado.

Atualmente as disposições mexicanas exigem que cada processo seja acompanhado de um comprovante do pagamento. Consequentemente os passaportes com visto são entregues na apresentação do protocolo com guia de pagamento autenticada na agência bancária.

Não é necessário preencher o campo de CNPJ no DECORE quando o destinatário é o Consulado; pode deixar em branco os campos de destinatário ou pode preencher os seguintes dados:

 

Consulado Geral do México

Rua Holanda, 274 – Jardim Europa

São Paulo/SP 01446-030